Como parar de fumar: conheça 10 dicas práticas para você!

Atualizado: 25 de mai. de 2021

Muitas pessoas que fumam tabaco estão dispostas a parar devido aos riscos à saúde associados. Entretanto, saber como parar de fumar pode ser um desafio.


Os cientistas encontraram ligações entre o fumo e numerosas condições de saúde, incluindo câncer, doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e doenças pulmonares.


Em média, os fumantes morrem 10 anos antes dos não-fumantes, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA.


Em 2020, um relatório científico da Organização Mundial da Saúde (OMS) concluiu que havia um risco maior de sintomas graves e morte entre as pessoas no hospital com COVID-19 que fumavam em comparação com os não-fumantes.


Apesar dos riscos, quase 10% dos adultos no Brasil fumam. As principais razões para isto são que a nicotina é viciante e a eliminação do hábito é difícil. No entanto, há muito apoio e ajuda disponível.


Mas, as pesquisas mostram que, com a abordagem correta, é possível romper esta rotina insalubre e acabar com o hábito de uma vez por todas.


Aqui estão 11 dos métodos mais eficazes para deixar de fumar.


1. Como parar de fumar com Vareniclina

A vareniclina é uma opção que somente médicos podem prescrever para pessoas que desejam parar de fumar.


Este medicamento desencadeia uma liberação de dopamina, o químico no cérebro que faz as pessoas se sentirem bem.


Por exemplo, fumar cigarro induz o mesmo efeito, mas envolve maiores quantidades de dopamina - no entanto, estes efeitos satisfatórios não duram muito, levando a uma pessoa querer fumar outro cigarro.


Quando as pessoas tentam parar de fumar, muitas vezes também experimentam depressão e ansiedade.


A vareniclina funciona bloqueando os receptores de nicotina no cérebro, reduzindo os desejos e os efeitos de retirada da nicotina.


Os médicos recomendam ou prescrevem adesivos de nicotina ou antidepressivos com vareniclina para evitar uma diminuição do humor.


As diretrizes atuais da American Thoracic Society recomendam o uso deste medicamento por pelo menos 12 semanas como tratamento de primeira linha para parar de fumar.


Entretanto, o principal ponto negativo em relação a essa abordagem é o preço.


Além de não ser oferecida pelo SUS, a vareniclina custa cerca de 1000 reais a caixa.

Um médico pode sugerir o uso de adesivos de nicotina junto com este medicamento.


2. Como parar de fumar com reposição de nicotina

A nicotina nos cigarros pode levar à dependência, de modo que as pessoas experimentam sintomas desagradáveis de abstinência quando tentam parar de fumar.


Assim, a terapia de reposição de nicotina (TRN) proporciona um baixo nível de nicotina sem os outros produtos químicos tóxicos na fumaça do tabaco.


Ele pode ajudar a aliviar alguns dos sintomas da abstinência de nicotina, que incluem:

● desejos intensos pelo uso da droga

● náusea

● formigamento das mãos e dos pés

● insônia

● mudanças de humor

● dificuldade de concentração.


O TRN está disponível como:

● goma

● adesivos

● sprays

● inaladores

● drágeas


Os adesivos estão disponíveis em uma farmácia sem receita médica. Eles liberam lentamente a nicotina, que o corpo absorve através da pele. Ao longo de várias semanas, a quantidade de nicotina diminui gradativamente à medida que a pessoa muda para os adesivos de dose mais baixa. Eventualmente, os tabagistas não mais desejarão a substância.


Algumas pessoas usam seus adesivos continuamente e têm uma dose constante de nicotina durante 24 horas, enquanto outras os removem à noite. Um médico pode aconselhar sobre a melhor opção.


Inaladores, chicletes, pastilhas e sprays funcionam rapidamente, mas seus efeitos só duram pouco tempo. Eles podem ajudar a aliviar os desejos intensos, enquanto os adesivos proporcionam uma dose diária.


As diretrizes atuais recomendam o uso da vareniclina como opção de primeira linha para deixar de fumar, mas afirmam que o uso de adesivos de nicotina junto com o tratamento também pode ajudar.


3. Como parar de fumar com Bupropiona

A Bupropiona é um antidepressivo que pode ajudar as pessoas a parar de fumar.


Semelhante à vareniclina, ela diminui a falta de dopamina associada aos efeitos da abstinência de nicotina.


Como resultado, ela pode reduzir a irritabilidade de uma pessoa e as dificuldades de concentração que as pessoas frequentemente sentem quando deixam de fumar.


Embora a bupropiona possa ser mais barata, ela também pode ser menos econômica.


4. Cigarro eletrônico

O cigarro eletrônico é um dispositivo eletrônico que permite que as pessoas inalem nicotina em um vapor sem os outros subprodutos nocivos do tabaco, como o alcatrão e o monóxido de carbono.


Algumas pesquisas sugerem que os cigarros eletrônicos podem ajudar a parar de fumar porque as pessoas podem reduzir gradualmente o conteúdo de nicotina do líquido eletrônico de forma semelhante ao TRN.


Entretanto, os cigarros eletrônicos podem ter outros riscos.


Por esta razão, as diretrizes atuais exortam os médicos a recomendar a vareniclina ou TRN em detrimento dos cigarros eletrônicos.


Muitos profissionais de saúde esperavam que os cigarros eletrônicos ajudassem os fumantes a parar de fumar, mas atualmente há uma pesquisa limitada para sugerir isso.


5. Como parar de fumar com terapia cognitiva comportamental

A terapia cognitiva comportamental (TCC) é um método de aconselhamento ou terapia de conversação que ajuda as pessoas a mudar hábitos que não são úteis.


Um estudo de 2008 examinou 304 fumantes adultos submetidos a 20 semanas de TCC, com tratamentos focados em estratégias para ajudá-los a evitar o fumo.


Os resultados sugeriram que esta abordagem pode ajudar a incentivar a abstinência a longo prazo. Em 2016, uma equipe de pesquisadores iniciou um ensaio clínico para avaliar como intervenções cognitivas comportamentais afetam adultos com mais de 18 anos que fumam pelo menos oito cigarros por dia e desejam parar.


Os pesquisadores descobriram que o tratamento com TCC ajuda a reduzir o risco de recaída e gerenciar as mudanças de humor que podem ocorrer quando as pessoas param de fumar.


Em 2019, a equipe relatou resultados positivos a curto e médio prazo.


As pessoas que passaram pelo tratamento com TCC tiveram taxas mais baixas de depressão após deixarem de fumar e tiveram maior probabilidade de se abster de fumar após 3, 6, e 12 meses.


6. Hipnoterapia e acupuntura

Algumas pessoas tentam hipnoterapia ou acupuntura para ajudá-las a parar de fumar.


Embora possa ajudar, há poucas evidências de pesquisa para apoiar estes métodos, de acordo com o Centro Nacional de Saúde Complementar e Integrativa dos EUA.


O recomendável é que se procure um profissional qualificado para realizar estes tratamentos se quiserem deixar de fumar.


7. Lobélia

Evidências anedóticas sugerem que a lobélia - também chamada de tabaco indiano - pode ajudar as pessoas a parar de fumar.


Os especialistas acreditam que a lobélia, o ingrediente ativo na planta da lobélia, funciona ligando-se aos mesmos receptores no cérebro que a nicotina.


Ela desencadeia uma liberação de dopamina, ajudando nas mudanças de humor e nos desejos que ocorrem quando se pára de fumar.


A lobélia também pode ajudar a remover o excesso de muco do trato respiratório que os fumantes muitas vezes sentem enquanto param de fumar.


Entretanto, são necessários mais estudos para determinar isto de forma conclusiva.


8. Vitaminas B e C

Vários estudos sugerem que os fumantes têm menores concentrações de vitaminas B e C emcomparação com os não fumantes.


Os fumantes frequentemente relatam o estresse como um dos gatilhos que aumentam o desejo por um cigarro.


As vitaminas B são conhecidas como as vitaminas "anti-stress", que podem ajudar a equilibrar o humor.


A vitamina C é um poderoso antioxidante que pode ajudar a proteger os pulmões do estresse

oxidativo que a fumaça do cigarro pode causar.


Portanto, a ingestão dessas vitaminas pode ajudar depois de deixar o cigarro.


Entretanto, embora os suplementos de vitaminas B e C possam ajudar a promover a saúde das pessoas enquanto param de fumar, eles não as ajudarão a parar de fumar.


9. Como parar de fumar com exercícios

Um estudo de 2014 sugere que a prática do tai chi três vezes por semana é um método eficaz para ajudar as pessoas a parar de fumar ou a reduzir seu hábito.


Além disso, o Tai chi também pode ajudar a melhorar a pressão arterial e reduzir o estresse.


Outras pesquisas indicam que as práticas da mente e do corpo, como a yoga e a meditação, também podem ajudar aqueles que tentam se livrar do tabaco.


10. Use um aplicativo que ratreie seus hábitos

Pesquisas mostram que a repetição de uma simples ação em um ambiente pode encorajar as pessoas a replicar esse hábito em outros locais.


Por exemplo, uma pessoa que fuma com seu café matinal pode se encontrar fumando com café em outras ocasiões.


Entretanto, as pessoas também podem formar hábitos saudáveis da mesma forma. Uma variedade de aplicativos online podem ajudar as pessoas a acompanhar seu progresso.


Essas aplicações podem ajudar a rastrear o consumo de cigarros e as dicas de nicotina.


As pessoas podem usar essas informações para planejar quando e onde reforçar um novo hábito saudável no lugar do antigo comportamento ruim.


Conclusão

Parar de fumar é benéfico para a saúde e várias estratégias podem ajudar.


Um médico pode recomendar medicamentos para reduzir os desejos, enquanto os aplicativos e mudanças de estilo de vida podem aumentar a motivação.


O app Dei Um Tempo é uma excelente opção para você que quer ajudar a largar o cigarro e o álcool. Confira mais clicando aqui!

114 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo