Como é o consumo de álcool em idosos?

Embora o álcool costume atrair pessoas jovens, ele também é consumido pelas pessoas com mais idade.


Segundo dados de uma pesquisa realizada pelo Datafolha em 2018 , 9% dos idosos consomem bebidas alcoólicas diariamente e 30% deles bebem semanalmente.


Dessa forma, praticamente 40% das pessoas da terceira idade são adeptas ao álcool.


O problema é que o álcool traz impactos à saúde em todos os grupos populacionais e os idosos podem ser os mais prejudicados pelo consumo dele.


Ele costuma agir de maneira diferente em pessoas mais velhas, já que o corpo delas precisam de mais tempo para decompor o álcool.


Portanto, se você já está na terceira idade e está nas estatísticas apresentadas ou ainda é jovem e quer ficar ciente dos malefícios das bebidas alcoólicas aos idosos, continue conosco até o final deste conteúdo!


Porque os idosos consomem bebidas alcoólicas?


Antes de mais nada, é importante entender o porquê de quase metade das pessoas com mais idade consumirem bebidas alcoólicas frequentemente.


Geralmente, o motivo das pessoas beberem é algo complexo de ser entendido, porque possui múltiplos fatores.


Algumas das causas para pessoas da terceira idade beberem podem ser estimuladas pelo pouco convívio social dessas pessoas.


Aos poucos elas podem começar a cultivar sentimentos como solidão e tristeza pela falta de lazer e de amigos em sua vida e então buscar grupos externos para socializar.


Essa busca por uma roda de conversa pode introduzir os idosos aos bares, ou outros lugares onde a bebida alcoólica é parte do cenário.


Além disso, doenças são parte da vida de muitas pessoas da terceira idade e algumas delas, como hipertensão ou diabetes, podem desencadear nelas estados depressivos.


Com essa situação depressiva, o idoso pode usar o consumo de álcool como um "remédio" para lidar com os problemas, visto que nas primeiras doses do álcool uma sensação momentânea de descontração é encontrada.


No entanto, os males à saúde dos idosos são o motivo do álcool não ser uma boa escolha.


Como o álcool impacta a saúde do idoso


O organismo do idoso recebe o álcool com uma série de limitações, porque suas células já estão envelhecidas e o fígado que é o principal desintoxicador de substâncias ingeridas no corpo possui uma limitação enzimática nessa idade.


Mesmo assim, o álcool ainda consegue ser metabolizado pelo corpo, só que de maneira bem mais lenta em relação às pessoas mais jovens.


Dessa forma, os impactos ocasionados à saúde do idoso são:


● Lesões;


● Tipos de câncer;


● Danos ao fígado;


● Problemas no sistema imunológico;


Depressão e suicidio;


● Danos cerebrais.


No caso de outras doenças como osteoporose, hipertensão e diabetes estarem presentes no organismo do idoso, complicações podem acontecer com o consumo de álcool.


O idoso pode sofrer com possíveis déficits cognitivos como sinais de demência ou doença de Alzheimer e se tornar confuso e esquecido.


Além disso, se torna difícil para o médico encontrar e tratar alguns problemas.


Como também recomendar os medicamentos, porque qualquer interação entre eles e o álcool pode ser perigosa


Problemas na interação com os medicamentos


Muitos idosos tomam medicamentos todos os dias e podem ter maior probabilidade de tomar algum deles que interagem com o álcool.


Muitos medicamentos podem ser perigosos ou até mortais quando misturados com álcool.


Isso inclui medicamentos controlados, medicamentos sem receita e remédios à base de ervas.


Por isso, antes de tomar qualquer medicamento é essencial perguntar ao médico ou farmacêutico, se não há problemas em beber álcool enquanto estiver tomando o medicamento.


Abaixo listamos cinco exemplos de problemas causados ​​pela mistura de álcool com alguns medicamentos:


1) Tomar aspirina e beber, permite o risco de sangramento estomacal ou intestinal aumentar.


2) Quando combinados com álcool, medicamentos para resfriado e alergia podem fazer você se sentir muito sonolento e confuso.


3) O álcool usado com grandes doses de paracetamol (Tylenol) pode causar danos ao fígado.


4) Alguns medicamentos, como xaropes para tosse e laxantes, têm alto teor de álcool.


Dessa forma, se você beber ao mesmo tempo que toma esses medicamentos, seu nível de álcool sobe ainda mais do que o normal.


5) O álcool usado com alguns comprimidos para dormir, analgésicos ou medicamentos antidepressivos pode ser mortal.


O consumo de bebida alcoólica também impede possíveis tratamentos realizados pelo idoso, porque há uma interferência causada pelo álcool na metabolização dos medicamentos.


Então o tratamento pode perder eficiência e ter o resultado comprometido, mantendo o sistema que estava sendo tratado ainda doente.


O impacto econômico do álcool na vida do idoso


Consumir álcool constantemente também pode pesar no bolso dos idosos.


Como já mencionamos, são inúmeros os riscos do idoso adoecer conforme continuar bebendo e isso pode levá-lo a necessidade de realizar mais exames e comprar mais medicamentos.


Para muitos dessa idade não é tão fácil conseguir recursos e de acordo com a gravidade da situação tanto exames como medicamentos são bem caros.


Pessoas na terceira idade têm mais dificuldade para parar de beber?


Embora os riscos da bebida alcoólica sejam bem maiores para o idoso, ainda não há tratamentos específicos para eles, nem nenhuma política desenhada para guiar essas pessoas para o tratamento e prevenir o consumo de álcool.


Dessa forma, os idosos se beneficiam apenas dos mesmos tratamentos disponibilizados para os mais jovens e encontram dificuldades para parar de beber, mesmo sabendo dos riscos desse hábito.


Sendo fundamental a família biológica ou afetiva dar todo o apoio necessário para que o idoso consiga se empenhar em abandonar o álcool.


Conclusão


Por fim, o consumo de álcool não tem benefício algum para os idosos.


Pelo contrário, são grandes os perigos ocasionados pela bebida e eles podem ser fatais em alguns casos.


Se você é idoso e está bebendo frequentemente, conheça nossa plataforma e participe de uma jornada temporária para superar esse problema.


Dessa forma você poderá restaurar sua qualidade de vida e bem-estar.


Clique aqui e saiba mais sobre essa jornada!

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo