Beber de estômago vazio é pior que após comer?

Atualizado: 25 de mai. de 2021

Beber de estômago vazio é pior que após comer?


Certamente você já ouviu dizer que beber de estômago vazio é pior que quando se está alimentado.


Há muita ciência por trás dessa afirmação.


Nós da Dei Um Tempo sabemos que muitas pessoas que consomem álcool constantemente querem saber como curar (e evitar) a ressaca.


Por isso, para saber a resposta para a pergunta inicial do artigo e quais as diferenças que o álcool faz no seu corpo de estômago cheio ou vazio, continue lendo este conteúdo até o final.


Como funciona o seu estômago


Antes de entender o efeito de beber com o estômago vazio e cheio, é preciso compreender como esse órgão funciona.


Basicamente, o estômago possui uma mucosa que absorve boa parte dos líquidos que têm contato com ela.


Assim que ocorre essa absorção, as substâncias vão direto para a corrente sanguínea e se espalham pelo corpo.


Quanto mais líquido for um alimento, mais rapidamente ele será absorvido pelo estômago e, por conseguinte, mais depressa atingirá a corrente sanguínea.


Contudo, nem todas as substâncias são absorvidas no estômago.


Por exemplo, no caso da bebida alcoólica, boa parte é absorvida no duodeno, região do intestino delgado que fica logo após o estômago.


Assim que o álcool cai no sangue, ele vai para o fígado onde é metabolizada.


Mas acontece que quanto mais álcool chega ao fígado, mais difícil é para ele eliminar as toxinas sem que elas comecem a causar efeitos em outros órgãos.


Por isso, beber de estômago vazio faz com que o álcool da bebida chegue de uma forma abrupta até o fígado e este terá mais dificuldade de lidar com essa quantia.


Para que você entenda melhor, vamos explicar como seu estômago reage ao álcool quando há alimento nele.


Seu corpo reage melhor ao álcool quando não está de estômago vazio


Como vimos, o estômago possui uma mucosa que absorve os alimentos e quanto mais líquido, mais rápido ocorre essa absorção.


Aliás, todo o processo de digestão se baseia em tornar alimentos sólidos o mais “líquido” possível a fim de facilitar a aquisição da energia contida neles.


Pois bem, fato é que quando seu estômago está vazio, o tempo de esvaziamento gástrico é menor.


Ou seja, sem ter nenhum alimento sólido, a bebida passa diretamente pelo estômago e chega de uma vez ao intestino delgado, onde boa parte da absorção dessa substância acontece.


Por outro lado, quanto se está de estômago cheio (ou pelo menos não tão vazio) o esvaziamento gástrico é menor, o que lentifica a absorção do álcool.


Assim, seu corpo consegue lidar com mais facilidade com a eliminação das toxinas do álcool.


Isso não só minimiza os efeitos negativos do álcool no corpo como também reduz as chances de você acordar no dia seguinte com uma ressaca horrível!


Beber de estômago vazio faz mal!

O álcool é uma substância reconhecidamente inflamatória e cujo uso exacerbado predispõe a uma série de doenças potencialmente fatais (por exemplo, a cirrose hepática).


Como o estômago é o primeiro grande órgão que tem contado com a bebida alcóolica ele é o primeiro a sofrer seus malefícios.


Isso quer dizer que, ao expor a mucosa do seu estômago à bebida, você tem mais chances de desenvolver a chamada gastrite alcoólica.


Essa doença, em níveis avançados, predispõe o câncer de estômago que pode até mesmo levar à morte.


Aliás, para quem tem gastrite, beber café de estômago vazio é a receita para sentir uma forte queimação estomacal.


Por isso, é importante que, ao beber, você procure poupar seu estômago dos malefícios que o álcool e outras substâncias podem causar.


Sabemos que cortar o álcool de uma vez pode ser muito difícil. No fundo, beber de forma equilibrada não fará mal para seu organismo uma vez que seu fígado dará conta de eliminar as toxinas.


Então, para te ajudar a beber de forma responsável, aqui vão algumas dicas!


O que comer antes de beber para não deixar o estômago vazio


Para que você proteja seu estômago do álcool, você já sabe que é preciso comer alguma coisa antes.


Mas, afinal, o que você deve comer?


Muita gente pensa que quanto mais pesada a alimentação antes de beber, melhor será.


Contudo, não é bem assim.


Alimentos gordurosos podem favorecer sintomas como enjoo, vômitos e sensação de estufamento.


Por isso, dê preferência para uma refeição que contenha alimentos leves como leguminosas, hortaliças, proteínas magras e frutas antes de começar a beber.


Além disso, é essencial que você associe a bebida alcóolica com o álcool, pois dessa maneira você diluirá o nível dessa substância e ajudará seu fígado a eliminar as toxinas do seu corpo antes que elas possam causar malefícios para seus órgãos.


Conclusão


Por fim, é preciso realçar que sim, beber de estômago vazio é pior que quando você está alimentado!


Isso ocorre porque quando o estômago está preenchido com alimento, o esvaziamento gástrico é retardado e, por consequencia disso, o álcool é absorvido gradualmente pelo intestino delgado.


Ao beber é importante estar atento a isso porque, além das toxinas do álcool causarem malefícios para seu coração e cérebro, acarretam danos à mucosa estomacal.


Nesse contexto, o álcool pode causar, inclusive, um quadro de gastrite alcoólica que, ao longo dos anos, pode se tornar um câncer gástrico.


Portanto, beber, seja de barriga cheia ou vazia, é perigoso pois o álcool é uma substância que mata, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 3 milhões de pessoas no mundo todos os anos.


Se você quiser ajudar para dar um tempo no álcool, nós temos a solução para você.


Nossas jornadas foram cuidadosamente preparadas por profissionais experientes para que você tenha acesso, em apenas 15 minutos do seu dia, a instruções importantes para te ajudar a se manter firme nesse propósito!


Quer saber mais sobre isso?


Então clique aqui e confira já nossas opções de jornadas!







24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo